5.2.12

Falando de amor


Falar de amor é muito difícil, sempre fica vago, e quanto mais sabemos a respeito dessa palavra, mais nos perdemos, porque não tem o que saber, é uma coisa pra se sentir, neste texto você não vai encontrar uma definição concreta para essa palavra tão complexa. Amor é sofrer, mais amor é viver, quem não ama não vive. Comecei a observar as pessoas que sofrem desse mal e tirei minhas próprias conclusões: todo apaixonado volta a ser uma criança com um doce na mão, ou com um brinquedo novo recém tirado da caixa, o amor nos doma de tal modo que se torna mais forte e somos condicionados a gostar dessa prisão como um cachorrinho que faz graça pelo petisco do dono no final da apresentação, nos tornamos seres indefesos! E nessa brincadeira de amar, eu saí machucada, mais a ferida cicatrizou. Eu cresci por dentro! Agente acorda, dorme e empurra muita coisa com a barriga, vira do avesso, anda na corda bamba, vive dias intermináveis, mais um dia agente volta a ser inteiro de novo e disposto a se compartilhar com alguém, se doando, se doendo!

21 comentários:

  1. Oii Maíra!! Que lindeza de blog!! Tbém acho que nesse mundo estamos precisando de mais cor e amor!! A vida ensina muito flor... A gente sofre... a gente se lapida e a gente descobre o quão lindo tudo é e significa!! Uma semana feliz e colorida pra ti!! Bjsss
    Ahh, já te sigo tbém!!

    ResponderExcluir
  2. Olá! Antes de mais muito obrigado pelo carinho!
    Falar de amor é praticamente impossível. Cada um sente à sua maneira e cada um vê como quer. O amor é universal e ao mesmo tempo diferente em cada pessoa. É dos sentimentos mais bonitos e complexos simultaneamente. Acima de tudo, o sentimento que todos anseiam e que nem todos encontram.

    ResponderExcluir
  3. Vc já disse: do amor n se fala, só se sente!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. gosto muito e sigo *
    passa pelo meu se quiseres (;

    ResponderExcluir
  5. Seu Blog é lindo estou seguindo, e lendo ele agora neste momento. Vou ver se leio ele todo ainda hoje xD
    Estarei sempre por aqui.
    Tenha uma ótima semana ;**

    ResponderExcluir
  6. "Se doando,se doendo..."
    Exatamente assim.

    http://divertindosinapses.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. E como a gente se dói, viu?
    Mais incrível do que observar um bobo apaixonado, é observar um devastado ser sofrendo por amor.
    Assusta qualquer um.

    ResponderExcluir
  8. Me da uma ajudinha, se puder é claro!
    votar aqui:
    http://bnascimentooo.blogspot.com/
    Na barra lateral, em DREAMER...
    Ficaria muito grata, Deus abençoe sua vida!

    ResponderExcluir
  9. Que palavras lindas! Realmente o amor é assim, jamais conseguiremos de fato entendo-lo, somente saberemos quando é amor ao sentir na pele, e claro que as vezes nos machucamos, mas faz parte da vida, não é?

    Enfim, Maíra, muito obrigada por seu comentário no Da Imaginação a Escrita, volte sempre que puder, ficarei muito feliz! Esse seu belo texto, me fez ficar curiosa para conhecer mais e mais sobre suas palavras, muito bonito!

    Bjs

    daimaginacaoaescrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá Maíra! Adorei seu blog!
    ÉÉ..esse tema é realmente difícil de falar..rs ;)
    Ahh, seguindo vc também! >_<
    Aparecerei quando puder.
    xoxo

    http://pensamentosemrimas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Amei seu blog, seus textos são lindos.
    Estou te seguindo!

    http://garotasindiscretas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Que texto mais lindo, adorei a imagem tbm!

    bjs flor:*

    ResponderExcluir
  13. Obrigado querida! Também vou seguir-te! (:

    ResponderExcluir
  14. '' Mas um dia agente volta a ser inteiro de novo e disposto a se compartilhar com alguém, se doando, se doendo!''

    Que texto mais verdadeiro, inteligente. Acho que foi uma das formas mais eficazes de descrever o amor. E sim, a dor de amor faz crescer, quando passa. Depois dela, outro ciclo começa, porque não dá pra viver sem esse sentimento tão paradoxo.
    Beijos, e que blog mais lindo! *--* Adorei, de verdade!

    ResponderExcluir
  15. Oi querida, vim conhecer seu blog e AMEI, ele é lindo parabéns, comecei a seguir aqui, e vou voltar sempre que possível :) Beijos;

    http://www.byjessicarodrigues.com/

    @jescrodrigues

    ResponderExcluir
  16. Falar de amor é realmente muito difícil, porque é um sentimento infinito, multiplo. Amar é involuntário, é como respirar. Amor não é estável, não é fixo, amar é ser livre e perceber que se pode viver muitas nuances, que se pode voar...
    Amei o texto, gostei muito do seu blog. Dei uma passadinha pra retribuir a visita e me apaixonei, Voltarei em breve. Lys

    http://www.contosflordelis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Falar de amor é tão difícil, que por mais que falemos, ainda existe muito por dizer!

    lindo blog!

    também estou te seguindo!

    ResponderExcluir
  18. "Agente acorda, dorme e empurra muita coisa com a barriga, vira do avesso, anda na corda bamba, vive dias intermináveis, mais um dia agente volta a ser inteiro de novo e disposto a se compartilhar com alguém, se doando, se doendo!"

    E não é mesmo assim, amar é doar-se é doer-se. Mas quanta felicidade em amar? Gostamos mesmo é sentir a liberdade de amar e sentir-se preso nesse amor, com alma e víceras. Lindo texto, Maíra! parabéns pelo blog, um encanto.
    Muito obrigada pela visita, feliz por ter gostado do meu cantinho de afetos e afagos. Ah! Já tô te seguindo^^

    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Oii.. Selinho especial pra você lá no Blog Confissões, na página de selinhos! Com carinho ") BjO!

    ResponderExcluir
  20. Amar é um eterno se duar e se doer. É feliz e triste ao mesmo tempo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Lindo o texto! Realmente falar de amor, não é fácil :/

    bjs linda

    ResponderExcluir

Se sinta a vontade para comentar e dar sua opinião, fico grata por sua visita, volte sempre!