27.8.12

Vou bem, obrigada!



Como é bom poder te olhar e sentir que as lembranças não me assombram mais, não que não penso naquela história, só selecionei o que devo lembrar, e depois de um longo suspiro enfim eu posso dizer, eu estou bem, digo assim mesmo, sem ninguém perguntar, sem querer me convencer de nada, é só um estado de espírito que faz a gente se sentir aliviada, é como acordar de um coma ou achar a saída de onde não tinha, mas eu estava certa, jamais vou achar alguém como você, as pessoas são muito diferentes, e claro, únicas, mais veja só, quem poderia imaginar? Nessas idas e vindas acabei achando um alguém um tanto diferente, que me fez sentir falta de suas qualidades, porem achei coisas que não encontrava antes, outras manias, outro sorriso. Descobri como é delicioso conhecer pessoas diferentes, é bem provável que com esse alguém vou ter  meus chiliques, vamos brigar, e ficar sem nos falar, vou então me descabelar e sofrer horrores (ninguém faz isso melhor que eu) e quem sabe quando o mundo voltar a ser preto e branco eu não saia pelo mundo a fora, e acho alguém e me encanto pelos seus defeitos diferentes? E quando isso acontecer quem sabe não escrevo mais um texto para mostrar o quão forte me tornaram com mais um romance sem êxito, porque a vida é assim, não para, graças a Deus!

13 comentários:

  1. O tempo sempre nos faz rir de coisas por que um dia choramos.
    GK

    ResponderExcluir
  2. Nossa que profundo!
    Seguindo.
    cafecomdoideira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Todo sofrimento é transformado em aprendizagem no futuro! Basta dar tempo ao tempo! ;)


    Estou seguindo seu blog!

    Tem post novo lá no blog, comenta? =)
    http://sindromedaeradeouro.blogspot.com.br/2012/08/ontem-hoje-amanha.html
    Beijosss!

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkkk. O que eu mais gostei no texto foi o contraste que a vontade de dar chiliques empregou! hehehehe ADOREI!

    Acesso Permitido.
    Projeto Discipulando.

    ResponderExcluir
  5. É,tempo é o que todos precisam muito
    beijão Maíra
    http://amaralstarlight.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Ma,

    Tudo bem? Quanto tempo? Muito legal a passagem da dor para o conhecimento de si mesmo. Penso que só tempo traz a sabedoria.

    Beijos.

    Lu

    ResponderExcluir
  7. É assim mesmo. Viver e superar. E superar relacionamentos é tão difícil :x Leva tempo e dói. Mas quando acaba, é motivador.
    500 seguidores, hein? Parabéns! \õõ
    Até mais ;*

    ResponderExcluir
  8. confesso que o começo do texto me inspirou mt, é mais ou menos o meu momento

    Grande beijo
    -Participe você também do novo sorteio que está rolando lá no blog :
    http://umanoitemparis.blogspot.com.br/2012/08/mimo-e-sorteio-blog-babi-oriani.html

    umanoitemparis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Ainda bem que a vida não para, e que com cada queda aprendemos a ser cada vez mais forte.
    Adorei o texto =)

    Beijos da Lua =*
    www.tyciahadi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. O tempo nos faz superar as coisas..ainda bem.
    Adorei seu blog, querida! Estou te seguindo também. Bjs

    Tem post novo
    www.chocolatecommenta.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Maíra,primeiro quero pedir desculpas por não aparecer mais por aqui,fiquei meio sem tempo de ler e comentar...mais então senti saudades de te ler.
    Quanto ao texto,eu acho que estou exatamente nesse nível,estou bem obrigada.
    Eu acho que mesmo quando não estamos devemos pensar que estamos,mesmo nos encanando com isso,dói menos.

    Beijão Maa, :*

    rascunhosperdiidos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Que lindo!
    Flor, obrigada pela visita no blog! Tô seguindo. Parabéns pelos 500 seguidores \o/
    Beijo!
    Just Debee

    ResponderExcluir
  13. tambem ja cheguei a essa fase quando vemos que tudo ja passou que podemos seguir em frente...

    http://especial-dreams.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Se sinta a vontade para comentar e dar sua opinião, fico grata por sua visita, volte sempre!